Gustavo Mendanha projeta investimentos em tecnologia para modernizar a cidade e ampliar uso da internet

Depois de equipar Aparecida com 2.650 câmeras videomonitoramento, 700km de fibra óptica e um Centro de Inteligência Tecnológica (CIT), o prefeito, Gustavo Mendanha, candidato à reeleição pelo MDB, já traçou os próximos passos para buscar o reconhecimento internacional de Aparecida como sendo uma Smart City (cidade inteligente). As ações do candidato constam em seu plano de governo, que, se confirmado eleito, será de 2021 a 2024.

Gustavo Mendanha quer oferecer à população acesso gratuito à internet a partir de vias públicas, sobretudo em bairros mais carentes em conectividade. A ideia, segundo ele, é usar a tecnologia para melhorar a vida dos moradores em todas as áreas atendidas por serviços públicos. É o caso da mobilidade urbana, onde o candidato planeja disponibilizar um sistema de informação de fluxo do transporte coletivo que aponte os horários de chegada dos ônibus.

“A maioria das coisas hoje são feitas diretamente pelo celular, por isso queremos ampliar o acesso à internet e criando pontos com rede gratuita. Assim as pessoas poderão acessar informações desde linhas de ônibus, a marcar uma consulta médicas, dentre outras facilidades que a tecnologia nos proporciona”, comentou Gustavo. Ele ainda acrescentou: “Meu sonho é tornar Aparecida a cidade das Startups e para concretizá-lo, vamos colocar o Polo Tecnológico em pleno funcionamento para, assim, atrair empresas e empreendedores desta área para a nossa cidade”, sinalizou.

Na educação, Gustavo assume no plano de governo o compromisso de equipar os professores da rede municipal com tablet’s, visando a ministração de aulas mais atrativas, colocam os alunos numa cultura digital. Ao mesmo tempo, essa inovação buscar oferecer mais recursos audiovisuais na sala de aula, favorecendo o ensino-aprendizagem. “Além de universalizar na rede municipal o ensino da robótica, que é realidade hoje em 50% das nossas escolas, vamos inserir o tablet e outras ferramentais digitais para auxiliar nossos professores no ensino e na inserção da cultura digital em Aparecida”, adianta Gustavo Mendanha.

Até a iluminação pública em Aparecida ganhará sistemas autônomos, com sensores e controle de situação, para promover economia de recursos públicos. A diminuição nos custos de manutenção da iluminação pública é um dos objetivos da transformação de Aparecida em cidade inteligente. Para isso, Gustavo propõe no plano de governo a implementação de parceria público-privada na área de iluminação pública, com o intuito de viabilizar a instalação de lâmpadas de LED, consideradas mais eficientes e econômicas, com vida útil média de 11 anos (50.000 horas de operação). A título de comparação, lâmpadas de vapor de sódio, muito comuns nas cidades, perfazem uma média de 18.000 horas de operação.

Todas essas ações se convergem no programa Cidade Inteligente, idealizado e implementado por Gustavo Mendanha. A iniciativa, que busca também oferecer serviços públicos ao cidadão através de plataformas digitais, tem chamado a atenção de prefeitos e candidatos de outros municípios em Goiás e fora do estado. Wander Saraiva, que concorre pelo Partido Progressistas (PP) à prefeitura de Abadia de Goiás, é um deles. Recepcionado pelo prefeito e candidato Gustavo Mendanha, ele conheceu nesta segunda-feira (26) as dependências do CIT de Aparecida.

“Com a implantação da rede de fibras ópticas estaremos ofertando uma plataforma ideal para a vinda de empresas de tecnologia de ponta e assim promover um imenso e virtuoso ciclo de desenvolvimento humano, social e tecnológico”, disse o emedebista a Wander Saraiva, que também é proprietário da Ortomix.

Cidade Digital – Com a primeira fase em conclusão, o projeto Cidade Digital está dentro do universo do Cidade Inteligente e buscar realizar ações eficazes na construção de uma cidade conectada, universalizando todos os setores da administração pública e da sociedade, resultando em uma maior eficiência da gestão pública e melhor prestação de serviço de Educação, Saúde, Segurança, Meio Ambiente, Serviço Social, Trabalho e Renda, gerando desenvolvimento econômico e social para o município.

A fase inicial do Cidade Digital em Aparecida abrange 4 ações principais: a instalação de 700 km de fibra óptica, a ampliação do videomonitoramento da cidade com aquisição de 650 câmeras com olhos de águia com reconhecimento facial e de placas, implantação de 200 pontos de acesso livre e gratuito à Internet, e um data center próprio. O Data Center está instalado no Centro de Inteligência Tecnológica (CIT), que abriga ainda duas salas de videomonitoramento que capta as imagens das câmeras distribuídas em todas as regiões de Aparecida. “Nosso objetivo sempre foi o de desenvolver serviços inteligentes que correspondam todas as necessidades de Aparecida”, finalizou o prefeito Gustavo Mendanha.