Que defesa de direitos humanos é essa? Mauro Rubem só defende “manifestantes” que protestam contra o PSDB

O deputado Mauro Rubem ainda não se manifestou sobre as agressões que dois líderes comunitários sofreram nesta quinta-feira por parte de integrantes da Guarda Municipal de Paulo Garcia.

Os dois rapazes faziam um protesto pacífico nas galerias da Câmara de Goiânia, durante a prestação de contas do petista, e foram arrancados pelos guardas a pescoções.

Mauro é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia e é sempre prestativo para solidarizar com “manifestantes” que protestam contra o PSDB. Chega a defender até mesmo vândalos e bandidos.

Mas contra o PT, ele se cala.

Quer dizer, a defesa dos direitos humanos que faz é de mentirinha.