Talles vence Adriana em debate com júri de notáveis

O deputado estadual Talles Barreto, candidato a prefeito de Goiânia pelo PSDB, venceu na disputa de argumentos, conhecimento de Goiânia e clareza de propostas contra a candidata do PT, Adriana Acorsi, durante websabatina realizada pelo Clube dos Contabilistas de Goiás. Os dois se enfrentaram diante de um júri composto por profissionais reconhecidos do meio contábil, jurídico e jornalístico. Outros dois candidatos convidados (Alisson Lima e Elias Vaz) “fugiram do debate”, como afirma Genaro Souto, presidente do Clube.

Cada jurado fez um julgamento e atribuiu uma nota aos debatedores, onde Talles venceu na média por uma margem de dois pontos acima da candidata do PT. Os dois apresentaram propostas para Goiânia e tiveram que demonstrar como fazer, de onde tirar o dinheiro e como realizar a execução do plano sob o ponto de vista do orçamento da capital.

O Economista Julio Pascoal, professor da UFG, deu nota 8,0 para Talles e 7,0 para Adriana. Ele avaliou a viabilidade das propostas sob o ponto de vista das finanças públicas e da arrecadação. Talles avançou mais quando demonstrou a viabilidade de sua principal proposta de distribuição de renda, que é a implantação de uma tarifa social para o transporte público, com subsídio da prefeitura com base na gestão do sistema que hoje se encontra nas mãos do setor privado.

A mesma dianteira de um ponto sobre Adriana Acorsi foi conquistada por Talles Barreto no julgamento de Marcos Wilson, da Associação Brasileira de Contabilidade, com atuação em São Paulo e Rio de Janeiro, convidado a participar de forma remota. Ele deu nota 8,5 para Talles e 7,5 para Adriana. O Candidato do PSDB ganhou vantagem quando anunciou compromisso de instalar na porta do Paço Municipal um grande painel de led com publicação transparente de todas as contas e gastos públicos. “Quem passar pela BR vai ficar sabendo de cada centavo gasto pela prefeitura”, diz Talles.

Também participaram do julgamento a advogada Larissa Bareato, líder do grupo Mulheres do Brasil e conselheira da OAB de Goiás, além do jornalista Ulisses Aesse, Presidente do Clube de Repórteres Políticos de Goiás. A Advogada deu nota 8,0 para os dois candidatos e o jornalista nota 9,0 – também para os dois.