Promotora de Justiça Villis Marra recomenda conclusão de credenciamento dos prestadores de serviços do IPASGO

A promotora de Justiça Villis Marra recomendou ao presidente do (Ipasgo), Hélio José Lopes, que adote as providências necessárias para concluir do processo de credenciamento de prestadores de serviços pessoas físicas e jurídicas para o plano, no prazo de 60 dias.
“Já são seis anos da propositura de ação judicial que exigiu a regularização do sistema de credenciamento para profissionais e estabelecimentos prestadores de serviços do instituto e quatro anos desde a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que visava regularizar o processo de escolha dos profissionais prestadores de serviço e de fornecedores de materiais até o momento, não foi concluído o novo credenciamento dos profissionais prestadores de serviços ao Ipasgo” informou Villis Marra.
Não há nenhuma ação judicial que impeça o prosseguimento dos editais de credenciamento de pessoas jurídicas. Com relação aos credenciamentos de pessoa física, o impasse impede o credenciamento apenas de odontólogos.