Com 96% de intenções de voto, Gustavo promete ‘melhor gestão que Aparecida já viu’

Prefeito de Aparecida e candidato à reeleição, Gustavo Mendanha (MDB) reagiu com entusiasmo à pesquisa Serpes/O Popular divulgada neste sábado (14) que projeta vitória do emedebista, amanhã, com até 96,9% dos votos válidos, ou seja, excluindo os brancos e nulos. O cenário, se concretizado, garante a reeleição de Gustavo no 1º turno e pode colocar o emedebista no grupo dos prefeitos mais votados do Brasil, proporcionalmente, considerando as 95 cidades com mais de 200 mil eleitores, onde se enquadra Aparecida, que chega hoje a 57 anos de emancipação política.

“Esse resultado mostra que os quatro anos de trabalhos realizados à frente da Prefeitura de Aparecida agradaram a população. Reafirmo meu compromisso: vamos fazer ainda mais pela nossa gente. Será a melhor gestão que Aparecida já viu”, comentou Gustavo. Ele se disse honrado pela ampla vantagem na intenção de votos. O candidato ainda pregou humildade nessa reta final da campanha. “Recebo essa notícia com muita honra e felicidade”, completou o prefeito.

Com amostras realizadas na quinta-feira (12), essa foi a 2ª rodada da pesquisa Serpes/O Popular em Aparecida. Foram entrevistados 401 eleitores, de 22 bairros. No levantamento, Gustavo aparece com 77,6% das intenções de voto, contra 1,5% de Márcia Caldas (Avante) e 1% de Bruno Felipe (PSOL).  Se considerados apenas os votos válidos, excluindo também os indecisos, além dos brancos e nulos, o prefeito permanece com vantagem ainda maior, alcançando 96,9% das intenções de voto. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o nº GO-04582/2020.

Até hoje único prefeito de Aparecida nascido no município, Gustavo Mendanha cresceu 3 pontos porcentuais em comparação com a 1ª rodada da pesquisa, publicada em 3 de outubro. Com isso, ele avançou de 74,6% para 77,6% das intenções de voto. Se confirmados esses números nas urnas, Gustavo Mendanha deve superar a marca que ele mesmo havia alcançado em 2016, quando venceu em Aparecida, também no 1º turno, com 122.122 votos válidos