Podemos toma ré nas eleições e Zé Nelto não consegue sequer eleger o candidato a vereador que apoiou em Goiânia

O deputado federal Zé Nelto (Podemos) apostou todas as fichas que sairia fortalecido das eleições municipais, mas as coisas não aconteceram como ele esperava.

O Podemos, partido que ele preside em Goiás, teve um desempenho muito fraco, elegeu apenas 15 prefeitos entre os 246 municípios goiano e ficou fora do grupo de legendas que dão as cartas no estado, como MDB, DEM, PSDB e PSD.

Para piorar, Nelto patinou feio em Goiânia: o candidato a vereador que apoiou abertamente, Geovane Antônio, teve uma votação pífia e passou longe da composição da nova Câmara de Vereadores.

O deputado falastrão tomou ré nas urnas de 2020.