Em Goiânia, vereadora eleita Gabriela Rodart avisa que não vai usar máscara na Câmara Municipal

A vereadora eleita Gabriela Rodart (DC) reafirma que não vai usar máscara na Câmara Municipal, a partir de janeiro de 2021, quando tomar posse. Rodart é contra o uso obrigatório e diz que a obrigatoriedade da máscara é uma forma de controle social.

“Sou completamente favorável ao uso de máscara, desde que seja uma opção do cidadão e não uma imposição estatal. Se o indivíduo acredita que a máscara o protege, não deve ser impedido de usar. O mesmo deve valer para a situação oposta”, disse à reportagem do site Diário de Goiás, na quinta-feira (10).

“Não só não utilizarei a máscara, como lutarei para acabar com a multa pela falta da mesma. Tenho certeza que meus colegas vereadores compreenderão minha posição. Iniciar uma guerra fiscalizadora dentro da câmara é a última coisa que a cidade precisa”, concluiu Gabriela.