Retrospectiva 2020: campanha agressiva queimou o filme de Vanderlan e ajudou na derrota

Antes de a eleição começar para valer em Goiânia, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) liderava todas as pesquisas de intenção de voto. Ele então atropelou o colega de partido Francisco Júnior e se lançou candidato a prefeito. Bastou o jogo se iniciar para Vanderlan observar o crescimento de Maguito Vilela (MDB).

Ao ver o rival deslanchar, mesmo com Maguito internado, Vanderlan partiu para uma estratégia arriscada. Lançou ataques pesados contra Maguito, Daniel Vilela e MDB; acusando todos de montar um complô para esconder o real estado de saúde do emedebista.

As críticas de Vanderlan repercutiram mal na imprensa e na sociedade. O senador tentou consertar, mas já era tarde demais.

Perdeu mais uma eleição para prefeito de Goiânia.