Com Iris Rezende afastado, PMDB prepara plano B com Dona Iris candidata em 2014

O PMDB já prepara um “Plano B” para 2014. Ou melhor; um “plano I”. Afinal o nome é o mesmo e as letras também. Com Iris Rezende longe do debate político e concentrado em recuperar sua saúde após uma sequência pesada de cirurgias no passado, surge um novo nome que vem da mesma casa (cozinha): Iris de Araújo, a Dona Iris.

A deputada federal se mostra afeita ao embate eleitoral e hoje faz questão de ser a voz mais atuante contra o governo estadual. Praticamente toda semana Dona Iris está nos jornais com alguma declaração bombástica ou opinando sobre a conturbada aliança PMDB e PT.

É ela que mostra vídeos em que critica o estado de conservação das estradas de Goiás. É ela quem dá bronca em deputados que não fazem oposição de verdade. É ela que vai ao Twitter criticar a eleição de Renan Calheiros para a presidência do Senado. É ela que usa o Twitter para cutucar o vereador Paulo Borges (PMDB) – acusado de corrupção e que chegou a ser preso.

Dona Iris é hoje a porta-voz do PMDB de Goiás, posto que sempre foi ocupado pelo seu marido Iris Rezende. Ela tem procurado até mesmo os embates mais acalorados com os aliados do governo estadual. Todas essas ações expõem o que já se comenta nos bastidores: sem Iris no páreo, o PMDB vai mesmo é de Dona Iris.

Panela

No entanto há uma irritação em setores do PMDB. Os movimentos de Dona Iris já foram detectados por lideranças do partido e de novo vem à tona na legenda a questão da renovação. São inúmeros casos de jovens de potencial que foram suplantados pelo casal Iris. E em 2014 o mesmo filme pode se repetir? É essa pergunta que atormenta os peemedebistas de vanguarda que defendem outro candidato.

dani sam
Deputados Daniel Vilela e Samuel Belchior são tidos como renovação no PMDB, mas Dona Iris já ocupou o espaço e está na frente para 2014

Thiago Peixoto sempre foi o nome da vez. Cansou e foi buscar espaço em outras bandas. Daniel Vilela também é cotado para ser candidato a governador em 2014, mas terá força e coragem para peitar Dona Iris? Samuel Belchior é praticamente um afilhado do casal. Como se rebelar com seus mestres? A jovem guarda peemedebista se vê num labirinto e nenhum ousa em tomar o controle dos velhos caciques.

A lacuna deixada por Iris neste seu tempo de retiro já foi preenchida por Dona Iris. Quem quiser desafiá-la terá que arregimentar aliados e promover verdadeira revolução dentro do PMDB. Um dos trunfos dos jovens é citar a derrota de Adib Elias em Catalão. Há quem diga que revés mostrou que o modelo antigo peemedebista de governar está superado.

Confronto com Marconi

Dona Iris tem como seu maior rival na política o governador Marconi Perillo. Sempre que pode ela critica o tucano. O último episódio entre os dois ainda repercute. No depoimento de Marconi na CPI em Brasília, Dona Iris estava na primeira fila, mas se calou e não fez uma pergunta sequer ao governador Marconi. Saiu da sessão de cara amarrada e em silêncio. Será que guardou o fôlego para 2014?