Manifestantes invadem desfile de aniversário de Goiânia e protestam contra Paulo Garcia

Professores e servidores administrativos da rede municipal de ensino invadiram o desfile cívico-militar em comemoração ao aniversário de Goiânia, na manhã desta quinta-feira, para lembrar ao prefeito Paulo Garcia (PT) que o filme dele continua queimado com a categoria.

Os manifestantes seguravam faixas e cartazes que condenavam o prefeito, por exemplo, por tentar “enganá-los” com promessas e que exigiam dele a valorização dos professores.

Paulo saiu pela tangente do palanque de autoridades depois de avisado da aproximação do protesto.

Tá feia a coisa, hein.