Greve não morreu, ela só adormece. Protesto de professores no desfile dos 80 anos é um recado e tanto para Paulo Garcia

O protesto dos professores no desfile dos 80 anos de Goiânia, nesta quinta-feira, no bairro de Campinas, foi simbólico.

Foi um baita aviso ao prefeito de que a greve não morreu; ela apenas adormece.

Os professores deixaram o plenário da Câmara Municipal na última segunda-feira e deram o prazo de 30 dias para que Paulo Garcia comece a cumprir efetivamente a pauta de reivindicações.

Está na cara que se Paulo fracassar e não atender aos anseios dos servidores municipais da educação, a greve vai voltar. E com força total.

Fique esperto, Paulo Garcia.