Em encontro do PSDB, Marconi manda o recado: “Não me vendo, não me rendo. Ninguém me coopta”

No jornal O Popular, o registro: “Eu não me vendo, não me rendo. Ninguém me coopta”, afirmou, depois de dizer que “alguns trabalham para patrulhar” suas posições. As declarações têm a ver com a informação, publicada ontem pelo Giro, de que integrantes da oposição em Goiás tinham intenção de gravar o discurso de Marconi sobre Dilma.

Texto acrescenta que, no discurso, Marconi afirmou que não aceita ordens sobre seu comportamento. “Eu nunca esperei ninguém para ditar o que devo fazer em relação ao meu comportamento. Foi assim na campanha do Serra em 2002, do Geraldo em 2006, do Serra em 2010 e já é assim na campanha do Aécio em 2014”, afirmou, para completar: “Vou continuar respeitando a relação administrativa que tenho com o governo federal”. Informação também está nas colunas Fio Direto, no Diário da Manhã e Xadrez, no jornal O Hoje.