Ex-secretário geral do PMDB cobra detalhes da relação entre Otoni e Cachoeira

 

Postagem do ex-secretário geral do PMDB
Postagem do ex-secretário geral do PMDB

O ex-secretário-geral do PMDB Kid Neto, porta-voz contumaz da insatisfação do partido com o PT, compartilhou ontem, via Twitter, uma mensagem que exigia detalhes sobre a relação do presidente do Partido dos Trabalhadores em Goiás, deputado federal Rubens Otoni, e o contraventor Carlinhos Cachoeira.

A mensagem, originalmente postada pelo tuiteiro peemedebista Reges Maia, dizia que “antes de patrocinar nova crise ao assediar lidença do PMDB, ele [Otoni] deveria explicar sua ligação com Cachoeira”. Em tempo: o deputado aparece em um vídeo, divulgado pela revista Veja, pedindo “apoio” para o contraventor durante uma campanha eleitoral.

Os problemas de relacionamento entre PT e PMDB são vários e, em certa medida, antigos e reincidentes. Vieram à tona com declarações recentes de petistas de que terão candidato próprio a governador em 2014 e com a informação de que o peemedebista Gugu Nader, candidato derrotado à prefeitura de Itumbiara, vai se filiar ao PT – graças a uma articulação do próprio Otoni.