Principal manchete do Globo é sobre as promessas não cumpridas da presidente Dilma

Principal manchete do jornal O Globo traz uma análise sobre o governo Dilma Rousseff. Informa que, a doze meses do fim de seu mandato, de 46 promessas de campanha da presidente 22 delas estão em ritmo lento e outras 24 já foram ou devem ser alcançadas até dezembro. “O pior desempenho é verificado no crescimento econômico e nas propostas de reforma política e tributária. Os maiores avanços estão na queda da miséria e do desemprego, além da criação de moradias no Minha Casa, Minha Vida”, relata o jornal, ressaltando que “Dilma vai bem no social e mal na economia”.

O diário carioca cita a área de mobilidade urbana como exemplos de uma das propostas que não avançaram, a área de mobilidade urbana.” A seis meses da Copa do Mundo, segundo o Portal da Transparência do governo federal, foram executados apenas R$ 2,5 bilhões dos R$ 7,9 bilhões previstos para 45 obras de mobilidade ligadas ao evento. Há no PAC outros 206 empreendimentos de mobilidade – sem ligação com o torneio – cujos investimentos totais eram estimados em R$ 93 bilhões, mas até agora foram gastos RS 2,6 bilhões.”

No balanço de O Globo, há o reconhecimento de que a presidente conseguiu dar novo rumo na política externa e tenta iniciar uma mudança na logística com o plano de concessões. “ Na pauta internacional, Dilma ganhou reconhecimento na crítica à espionagem cibernética do governo americano e obteve uma vitória na defesa da democratização dos órgãos multilaterais com a eleição do embaixador Roberto Azevêdo como diretor-geral da Organização Mundial do Comércio”.