Deputado petista retuíta nota com crítica e ironia ao Grupo Jaime Câmara

O deputado estadual Karlos Cabral (PT) usou a sua conta no Twitter para difundir nota do jornalista Euler Belém, no Jornal Opção, ironizando um prêmio que o Grupo Jaime Câmara deu para a Agecom – como a maior anunciante nos veículos da empresa.

Como se sabe, no Twitter, quem retuita algum post ou link está concordando com o seu inteiro teor.

Veja a nota de Euler Belém, cujo link foi divulgado (retuitado) pelo deputado Karlos Cabral no Twitter:

Grupo Jaime Câmara premia governo de Goiás como seu maior anunciante

Na quinta-feira, 4, o “Pop” publicou o texto “Prêmio Jaime Câmara de Propaganda — Troféus aos melhores talentos”. A Box Publicidade foi premiada duplamente — ganhou como agência e Bruno Lopes levou o troféu de profissional de criação de 2012.

Como o “Pop” alardeia que faz jornalismo “independente”, a nota cô­mica tem a ver com o fato de que “o vencedor da categoria anunciante do ano foi a Agência Goiana de Comunicação (Agecom)”. A dependência das verbas do governo do Es­tado de Goiás, portanto, fica configurada. O presidente da A­ge­com, Igor Montenegro, e o presidente do Grupo Jaime Câ­mara, Jaime Câmara Jr., aparecem sorridentes numa das três fotografias.

Será que as empresas dirigidas por Roberto Irineu Marinho, das Organizações Globo, Otavio Frias Filho (ou seu irmão, Luís Frias), do grupo Folha da Manhã, e Roberto Civita, da Editora Abril, dariam um troféu à presidente Dilma Rousseff ou ao responsável pela comunicação do governo federal? É provável que não.