Coluna Giro, em O Popular, diz que projetos para reduzir o longo recesso dos vereadores e deputados não passam de conversa fiada

Em nota, nesta quinta-feira, a coluna Giro, de O Popular, afirma que “todo início de ano deputados na Assembleia e vereadores na Câmara de Goiânia defendem projetos para reduzir o longo recesso parlamentar. E fica por isso mesmo”.

Ao contrário do Congresso Nacional, que tem dois recessos anuais somando 50 dias, no caso da Assembleia Legislativa as portas do plenário são fechadas, anualmente, por 90 dias – e isso sem contar feriados prolongados, como o carnaval, por exemplo. A Câmara de Vereadores de Goiânia segue o mesmo padrão.

A conversa fiada sobre a redução do recesso parlamentar em Goiás, neste início de ano, está por conta neste momento de um grupo de 15 deputados novatos da base aliada do governador Marconi Perillo. Eles prometem apresentar um “projeto” que reduzia a soma dos dois recessos do Legislativo goiano para 70 dias, ou seja, um corte de araque de meros 20 dias.

[vejatambem artigos=” 44210,44208,43982,44205… “]