Presidente da Assembleia há oito meses, Hélio de Sousa continua alegando não saber de nada a cada escândalo que estoura no Legislativo

Fazem oito meses que o deputado Hélio de Sousa preside a Assembleia Legislativa, mas, a cada novo escândalo que explode dentro do Poder, a desculpa esfarrapada que ele apresenta é a mesma: não sabe de nada e preciso de um prazo para se informar.

As mudanças – a “moralização” – que Hélio de Sousa prometeu também não passaram disso: promessas vazias. A Assembleia continua ocultando suas informações para a sociedade. No seu portal na internet, há um hot site de transparência que é uma verdadeira piada e que dificulta ao máximo o acesso ao que acontece dentro do Legislativo, quando não esconde pura e simplesmente.

A verdade é que a Assembleia, sob o comando de Hélio de Sousa, não tem nenhuma agenda real de “moralização”. Na verdade, continua a mesma embromação de sempre.Tudo segue como dantes, como se viu na denúncia, feita pelo jornal O Popular, de que um funcionário fantasma recebe salários há 20 anos sem dar expediente.

E isso depois que o presidente havia supostamente baixado uma ordem para que todos os funcionários se submetessem ao ponto para aferir a presença de cada um.

Em comentário na rádio CBN Goiânia, a jornalista Fabiana Pulcineli fez duras críticas |à Assembleia e ao seu presidente. Para ela, “nem o próprio presidente da Assembleia sabe explicar” o que acontece lá dentro.

[vejatambem artigos=” 44495,44507,44458,44419… “]