Câmara Municipal de Goiânia entra mais uma vez em recesso. São, ao todo, 93 dias de descanso por ano

Aos reles e mortais trabalhadores que acompanham este blog, uma informação digna de revolta: a Câmara Municipal de Goiânia entra em recesso mais uma vez nesta quinta-feira. São, ao todo, 93 dias de descanso por ano. A Câmara entrará em recesso sem que encerre a discussão sobre a cobrança adicional de IPTU e sobre o Uber.

Existe um projeto que propõe a redução das férias dos vereadores tramitando há quatro anos (isso mesmo: quatro anos!) na Casa, sem que o presidente Anselmo Pereira (PSDB) tenha a decência de colocá-lo na pauta do dia.