Propostas de Waldir para Segurança são inviáveis, onerosas e pouco producentes, diz O Popular

O jornal O Popular publica, nesta terça-feira, uma reportagem especial em que analisa as propostas dos candidatos a prefeito para Segurança Pública, assunto que domina o debate eleitoral em Goiânia. Ao analisar o plano de governo de Delegado Waldir (PR), a conclusão do jornal é a de que as propostas têm viabilidade baixa, são onerosas e pouco producentes.

A plataforma de campanha de Waldir sugere a criação da Secretaria de Segurança Municipal; aquisição de armas e veículos para Guarda Municipal, treinamento dos agentes para realizar ações ostensivas; implantação de portais nas principais saídas do município com leitores de placas para coibir roubo de veículos; e iluminar/limpar áreas e lotes baldios.

O Popular considera um erro do candidato a proposta de transformar a Guarda Municipal numa instituição com as mesmas atribuições das polícias do Estado. “Experiências mostram que ao município cabem ações integradas e não concorrentes, de caráter preventivo, situacional e social”. Além disso, o plano de Waldir é caro e a prefeitura não tem dinheiro para fazer o que o ele propõe.