Djalma Araújo declara apoio a Vanderlan no segundo turno e diz que Iris “significa o retrocesso do retrocesso”

Ao declarar apoio à candidatura de Vanderlan Cardoso (PSB) no segundo turno da eleição para prefeito de Goiânia, o candidato derrotado Djalma Araújo (Rede) afirmou que Iris Rezende (PMDB) significa “o retrocesso do retrocesso”. “Iris trabalha baseado na velha política do coronelismo e nós discordamos disso”, afirma Djalma.

O candidato derrotado afirma que Vanderlan comprometeu-se com as políticas de sustentabilidade defendidas pelo seu partido e por isso declarou apoio a ele. “Nós pontuamos a preservação ambiental de Goiânia, em específico a região Norte, porque é onde estão os mananciais e nós não queremos indústrias ou pólos naquela região”.