Fabiana Pulcineli, na CBN: tropa de choque de Eduardo Cunha tem dois deputados do PMDB de Goiás

A jornalista Fabiana Pulcineli afirmou nesta quinta-feira, na rádio CBN, que o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, preso ontem pela Polícia Federal, tem grande influência na bancada parlamentar goiana. Dois dos principais integrantes da tropa de choque são do PMDB: Daniel Vilela e Pedro Chaves.

Daniel é contra expulsar Cunha do PMDB mesmo depois de ele ser detido pela PF. O deputado entende que o seu colega já foi devidamente castigado pelos crimes que cometeu. “Tem punição maior do que ser preso?”, afirmou ao jornal O Popular nesta quinta-feira.

Pedro Chaves sequer compareceu à sessão que cassou o mandato do ex-presidente da Câmara. Também aO Popular, Pedro sugere que o melhor é contemporizar a respeito de Cunha, dando ao deputado cassado tempo para que a situação esfrie. “Espero que todos tenham direito à ampla defesa”, diz Pedro, ignorando o fato de que o processo de cassação do colega foi o mais longo da história do Congresso.

Ouça aqui a íntegra do comentário de Fabiana Pulcineli.