Em campanha disfarçada para presidente, Caiado vai a Salvador e participa da procissão (8 quilômetros) em homenagem ao Senhor do Bonfim, ao lado de ACM Neto

Vestido de branco, o senador Ronaldo Caiado apareceu em Salvador nesta quinta-feira para posar para os fotógrafos participando da tradicional procissão, que percorre uma distância de 8 quilômetros, em homenagem ao Senhor do Bonfim.

Caiado, que é casado com uma baiana, distribuiu tapinhas nas costas dos soteropolitanos, tirou selfies e distribuiu declarações contra o MST, contra o ex-presidente Lula e contra o PT em geral. Ah… e para variar, defendeu a convocação de eleições diretas imediatamente, com a renúncia do presidente Michel Temer.

A “penitência” tem a ver com uma possível candidatura de Caiado a presidente da República, pelo DEM. Coincidentemente, ele estava ao lado da principal figura do partido, hoje em dia, o prefeito de Salvador ACM Neto, reeleito com 74% dos votos e nome que tem a primazia, no partido, caso queira se lançar para a chefia da nação.

A procissão, neste ano, foi marcada por uma confusão na chegada à Igreja do Bonfim, quando a segurança do governador Rui Costa, do PT, barrou o acesso de ACM Neto e sua comitiva ao interior do templo.