Atuação e ingerência de Dona Iris na prefeitura de Goiânia estão mais para campanha de deputada federal do que para trabalho social

A justificativa de Dona Iris para explicar sua atuação ferrenha e diária na estrutura da prefeitura de Goiânia é que faz trabalho social de forma abnegado. Pode até ser, em partes. Porém, quem entende um pouquinho de política e conhece a história dela sabe que a esposa de Iris quer mesmo é uma plataforma para fortalecer sua candidatura a deputada federal em 2018.

Dona iris montou uma espécie de gabinete no Paço Municipal, onde despacha, atende pessoas, dá ordens e até interfere na agenda do prefeito Iris Rezende, conforme mostrou reportagem de O Popular.

O jornal afirmou que a ingerência de Dona Iris é tanta que irritada aliados e, claro, auxiliares. A ex-deputada chega a visitar secretarias e fazer um tipo de ronda. Outro indício de que estaria de olho na eleição foi a nota dada pelo Jornal Opção. O semanário afirmou que Dona Iris estaria vetando nomeações de Daniel Vilela e José Nelto.

Dona Iris enxerga os dois como fortes concorrentes por uma vaga na Câmara.