Daniel Vilela usa verba da Câmara para pagar hotel, chocolate, batatinha frita e doce italiano para assessor de imprensa que hospeda em Brasília

O deputado federal Daniel Vilela, do PMDB, usou dinheiro público para pagar água mineral, chocolate, batatinha frita e doce italiano para o seu assessor de imprensa, Bruno Rocha Lima, durante hospedagem no Hotel Bristol, em Brasília, também paga com recursos da Câmara dos Deputados.

A despesa está lançada no ressarcimento que Daniel Vilela recebeu, em março, por conta da verba indenizatória a que tem direito como parlamentar federal, mas, conforme as rígidas regras da Câmara, desde que os gastos tenham a ver com o exercício do mandato legislativo. O doce italiano consumido por Bruno Rocha Lima é a “palha”, feito com massa com brigadeiro e biscoito triturado. No total, as despesas totalizaram R$ 500 reais, incluindo as diárias.

Bruno Rocha Lima não é o único assessor de imprensa que teve despesas cobertas, em hotéis de Brasília, com a verba indenizatória do deputado peemedebista. Outro assessor, Pedro Palazzo, também foi beneficiado, com hospedagens pagas com recursos públicos no mesmo Hotel Bristol.