Embaixador que José Nelto homenageou é funcionário de Bashar al-Assad, o ditador mais sanguinário do momento

Para não participar do encontro de prefeitos promovido pelo deputado federal Daniel Vilela (PMDB) na segunda-feira, o deputado estadual José Nelto (PMDB) disse que tinha um compromisso inadiável: homenagear o embaixador da Síria no Brasil, Ghassan Nseir. Ghassan é o representante, no Brasil, do regime ditatorial de Bashar al-Assad, considerado o pior tirano do mundo na atualidade.

Segundo cálculos da rede de notícias britânica BBC, o chefe do embaixador homenageado por José Nelto já matou 400 mil pessoas e provocou o êxodo de quase cinco milhões. Mesmo assim, o deputado do PMDB de Goiás preferiu render loas ao burocrata do regime de Assad a atender a convocação do seu partido. Danielzinho está mesmo sem moral.

Nelto foi a Brasília acompanhado do também deputado do PMDB Bruno Peixoto. A ideia inicial da homenagem foi do ex-deputado Adib Elias, hoje prefeito de Catalão.