Contra Danielzinho, presidente do PMN defende pesquisas como critério para escolha do candidato de oposição

No encontro da “Frente para Mudar Goiás”, o presidente regional do PMN, Eduardo Macedo, repetiu a tese que vem sendo dita pelo senador Ronaldo Caiado (DEM) e seus aliados: pesquisas quantitativas devem balizar a escolha do candidato a governador no ano que vem.

Os caiadistas defendem pesquisas como critério para convencer o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) a desistir de ser candidato ao governo, porque estão certos de que Caiado estará melhor colocado na disputa do Danielzinho em junho do ano que vem.