O Popular relata pane na Saúde em Goiânia: voltamos mesmo a sorrir, como diz a propaganda?

Ainda que a propaganda institucional da prefeitura diga que, com Iris Rezende (PMDB), Goiânia voltou a sorrir, a manchete desta quarta-feira do jornal O Popular revela exatamente o contrário. A notícia é de que o sistema de Saúde entrou em colapso e fila de espera por vagas em UTIs, exames e cirurgia dobrou nos últimos dias.

O motivo do colapso, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, é a sobrecarga da internet na SMS. E o mais impressionante: técnicos afirmam que a pane foi causada por funcionários que estão usando muito as redes sociais no horário de trabalho.

O colapso fez com que o trabalho de regulação fosse gravemente prejudicado. Diante deste cenário, foi um pulo até a fila de pacientes à espera de serviços dobrasse ou triplicasse. “No início da noite de ontem, 71 pessoas de todo o Estado esperavam por uma UTI. Média era de 36 na fila, segundo pesquisa feita pela reportagem durante três dias no início do mês. A relação entre a pane no sistema e o aumento da fila foi confirmada por um gestor e um funcionário da SMS”, diz a reportagem de Thalys Alcântara.