“Goiânia vai aos poucos se tornando insustentável”, afirma Ulisses Aesse no DM

“O sentimento que fica é o de que o poder público serve apenas para atender os interesses de poucos, sempre os mais poderosos”. A afirmação é do jornalista Ulisses Aesse, titular da coluna Café da Manhã (do Diário da Manhã), que nesta quinta-feira lamenta a descaracterização de Goiânia em função dos interesses do mercado imobiliário.

Ulisses afirma que a construção do complexo imobiliário Nexus, que vai arrebentar de vez com o trânsito do setor Marista e das redondezas, é mais um capítulo do processo que transformou a Capital em uma cidade “insustentável para se viver, com grandes vias, já congestionadas, atrapalhando a produtividade e a mobilidade dos goianienses”.

O jornalista afirma que a prefeitura é insensível aos apelos da população nas redes sociais e, quanto mais há reclamações, mais ela age no sentido contrário.