Missão do futuro presidente do PMDB é articular candidatura de Dona Iris, diz jornal Opção

A missão de Carlos Antunes Júnior, que deve ser eleito presidente do diretório metropolitano do PMDB neste sábado, é articular a candidatura da primeira-dama de Goiânia, Dona Iris, a deputada federal. A informação foi publicada no Jornal. Por enquanto, Carlos disputa com Fernando Barnabé, mas a tendência é que Fernando retire a sua candidatura horas antes da votação.

Confira a nota:

No sábado, 2, dois candidatos — Carlos Júnior e Fernando Barnabé — disputam a presidência do PMDB metropolitano. Até as pedras do Mutirama e as alfaces da horta de Iris Araújo, no Paço Municipal, sabem que as cartas estão marcadas: Carlos Júnior deve ser eleito. Exceto se ocorrer um terremoto — o que, no momento, é improvável. O mais provável é que Fernando Barnabé retire sua candidatura e apoie Carlos Júnior.

Superintendente da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Goiânia, Carlos Júnior é o candidato articulado pelo prefeito Iris Rezende e pela primeira-dama Iris Araújo (eleito, uma de suas missões é articular a campanha de Iris Araújo para deputada federal na capital). Os dois inclusive figuram na sua chapa, ao lado dos deputados Lívio Luciano, Bruno Peixoto e Wagner Siqueira e dos vereadores Clécio Alves e Wellington Peixoto. Ele também é apoiado pelo presidente da Câmara Municipal, Andrei Azeredo.

Fernando Barnabé é articulado, timidamente, pelos deputados José Nelto e Paulo Cezar Martins.