No Jornal Opção, Rincón traça o futuro de Caiado na eleição em Goiás: “Vai começar com 40% e terminar com 5%. Caiado não tem base no interior”

O presidente da Agetop, Jayme Rincón, deu (mais uma vez!) entrevista explosiva ao Jornal Opção. Rincón pode ser criticado por muitas coisas, menos por não falar o que pensa.

O auxiliar de confiança de Marconi responde tudo que lhe é perguntado, sem pestanejar. Um dos seus alvos na longa entrevista é o senador Ronaldo Caiado (DEM), possível adversário da base aliada na eleição para governador em 2018.

Rincón considera Caiado o adversário ideal e até torce para o senador tente mesmo ser governador.

“Repito: não acredito que ele seja candidato ao governo. Mas, se for, será um candidato muito bom para a gente enfrentar. Aí talvez ele conheça seu tamanho exato na política, porque está se arvorando. Diz ter 40% nas pesquisas, coisa que não acredito. Mas, com tamanha antecedência, vai começar com 40% e terminar com 5%. Caiado não tem base no interior, não tem um prefeito que o acompanhe, não tem um deputado sequer. É ele sozinho”, diz Rincón.