Vereador Clécio se diz decepcionado com Iris e promete “ir até o Papa” para impedir venda da Comurg

O vereador Clécio Alves (PMDB) afirmou, nesta terça-feira, que a sua amizade com o prefeito Iris Rezende (PMDB) tem limite e que este limite foi ultrapassado com a informação de que o Paço pretende terceirizar a Comurg. Clécio se disse “decepcionado” e prometeu ir “até o Papa, até o bispo Edir Macedo, até os confins do universo” para impedir que a Comurg seja vendida.

“Eu tenho a Comurg como segunda família e não vou aceitar isso”, afirma Clécio. “Respeitem o coração da prefeitura”.

[vejatambem artigos=” 65460,65458,65456,65469 “]