Agenda prevê encontro entre Temer e Daniel Vilela nesta terça, véspera de análise de denúncia contra o presidente

Às vésperas da votação que vai decidir o futuro da segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara, o Palácio do Planalto abre as portas nesta terça-feira (3) para receber 42 deputados interessados em colocar-lhe a faca no pescoço. Um deles é Daniel Vilela (PMDB).

A mesma estratégia foi utilizada pelo governo às vésperas da votação da primeira denúncia, que teve o andamento rejeitado pela Câmara. E Danielzinho também estava lá, com os prefeitos Adib Elias (Catalão) e Paulo do Vale (Rio Verde) a tiracolo. Na ocasião, o deputado de Goiás conseguiu a liberação de R$ 1,5 milhão em emendas.

Vamos ver o que acontece agora.

[vejatambem artigos=” 63550,63505,63480,63031 “]