Vereador Clécio descobre ter sido chamado de “maluquinho” por Iris e apela: “O maluquinho cansou”

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal, na manhã desta quarta-feira, o vereador Clécio Alves (PMDB) disse ter descoberto a informação de que foi chamado de “maluquinho” pelo prefeito Iris Rezende (PMDB), em função da postura independente em votações pontuais, e apelou: “o maluquinho aqui cansou”.

“Este maluquinho aqui foi o único que defendeu Iris na legislatura passada, no momento em que ele não tinha mandato e todos atiravam pedras nele. Este maluquinho está sendo tratado como adversário na prefeitura. Aviso a quem interessar possa que a minha sanidade mental está em dia”, respondeu Clécio.

O vereador afirmou que, se tivesse parafusos a menos, não teria recebido o apoio que recebeu em 2014 na eleição para deputado estadual: “O maluco aqui teve 18,5 mil votos. Quem é que vota em maluco, hein?”

INIMIGOS
O ex-presidente da Câmara afirmou que os antigos aliados de Iris são preteridos pela administração atual em favor de antigos adversários do prefeito. Ele citou Macxuwell Novais Ferreira, titular da Secretaria de Ciência e Tecnologia (que foi coordenador da campanha de Vanderlan Cardoso em 2016), Marcelo Ferreira, secretário de Educação (que era aliado do governador Marconi Perillo), e Alessandro Melo, secretário de Finanças.

“Este moço que colocaram na Finanças não pediu um voto sequer para Iris, e hoje é tratado como rei”, afirmou Clécio.