Polícia prende ex-vereador Maurício Beraldo em operação que investiga fraude na área da habitação em Goiânia

O ex-vereador Maurício Beraldo (PSDB) é um dos oito alvos de mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça no âmbito da Operação Alicerce e cumpridos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Goiás, na madrugada desta quinta-feira.

A operação visa desarticular uma quadrilha que fraudava inscrições em programas de moradia popular, em convênio com a Agência Goiana de Habitação (Agehab). A Justiça também autorizou quatro mandados de condução coercitiva, nove de busca e apreensão e sequestro de bens no valor de até R$ 2 milhões.

As investigações do MP apontam que entre 2002 e 2016, houve movimentaçÃo de R$ 1,2 milhões nas contas da Sociedade Habitacional Comunitária, que é classificada como sem fins lucrativos, bem como vários saques de até R$ 50 mil que foram destinados para o chefe da associação. Sua cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da empresa investigada, no residencial Vale dos Sonhos.