Messac reclama de corte de ponto de gazeteiros, admite que vai pouco ao plenário, mas diz que trabalha nas bases

O único deputado estadual a protestar abertamente contra a decisão do presidente da Assembleia, José Vitti (PSDB), de cortar o ponto de parlamentares gazeteiros foi Daniel Messac (PSDB).

Daniel admitiu que vai pouco ao plenário e afirmou que não concorda em medir o trabalho parlamentar com presença em votações. “Deputado que não participa de sessão não está em casa assistindo sessão da tarde. Avaliação não tem que ser feita por presença em plenário, mas pelo trabalho nas bases”.