A aliados, Iris critica Mrué por dizer que serviços só serão normalizados em 2019

O prefeito Iris Rezende (PMDB) não gostou de saber que a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, afirmou em depoimento à Comissão de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal que os serviços da sua pasta só serão normalizados em 2019.

Iris entende que Fátima cometeu um sincericídio parecido com o que custou a demissão do ex-secretário de Finanças Oseias Pacheco.

Para quem não lembra, Oseias admitiu ao jornal O Popular, dois dias antes de ser demitido, que a prefeitura estava usando até dinheiro das multas de trânsito para quitar a folha salarial, o que é vedado por lei.

Fátima afirma que a situação da Saúde em 2017 é reflexo do planejamento feito pela gestão anterior. Ou seja: continua culpando Paulo Garcia, que hoje repousa com seu paletó de madeira a sete palmos do chão.