Jornalista Fabiana Pulcineli passa a ser inimiga número 2 dos servidores. 1º é Iris

Iris Rezende sempre foi considerado o carrasco dos servidores públicos.

O inimigo número 1 da sofrida categoria de barnabés.

Em 1982, numa canetada só o então governador Iris colocou na rua mais de 30 mil funcionários públicos.

Depois, congelou os salários por dois anos, em tempos de inflação mensal de 40%.

Pensa o sufoco que os servidores passaram?

Agora, aparece mais uma inimiga da categoria: a jornalista Fabiana Pulcineli, que se arvora de paladina da moralidade e das contas públicas e, sem razão alguma, inicia uma raivosa campanha contra os servidores.

Tudo porque o governador Marconi Perillo concedeu auxílio-alimentação a 21 servidores.

Ela está indignada e falando horrores do que ela chama de “pacote de bondades” de Marconi.

Mas e é de “bondades” como ela mesma fala, porque tanto ódio?