A mãe tem razão: punição pela morte de Kerolly tem de ser para os dois: o pai e o assassino

No caso do assassinato da menina Kerolly, há uma pergunta que não quer calar: qual é a exata responsabilidade que o pai dela, Sinomar Lopes, tem no episódio?

Pelo que se sabe até agora, Sinomar deu uma de valentão irresponsável: foi até o local do crime para tirar satisfações com alguém que tinha comprado uma arma (e ele foi justamente por ter sabido disso), levando as filhas. Ou seja: ele tinha consciência dos riscos envolvidos. Como justificar isso?

Depois, as cenas gravadas em vídeo mostram que, de fato, a menina foi corajosa e heroica, empurrando o pai na tentativa de afastá-lo do agressor armado. Mas, não deixam perceber nenhuma tentativa do pai de proteger a filha.

A mãe de Kerolly, Mirian Coelho Alves, já botou a boca no trombone e está acusando o ex-marido de ter responsabilidade na morte da garota.

Parece claro que Sinomar tem culpa, sim. Mirian Coelho pode ter toda razão quando clama: “Quero justiça para os dois”, o assassino e o pai.