Alckmin e Doria divergem sobre estratégia do PSDB para São Paulo

O fim de semana está tenso no PSDB de São Paulo. No sábado, o jornal O Estado de S. Paulo informou que o governador Geraldo Alckmin cogita sacrificar o partido em São Paulo e apoiar a candidatura do vice Márcio França (PSB) com objetivo de ter o PSB ao seu lado disputa pela Presidência da República. Neste domingo, o prefeito e provável candidato a governador João Doria reagiu: disse que a chance disso acontecer é “zero”.

“Como membro do PSDB, eu posso afirmar pessoalmente, como prefeito da cidade de São Paulo, que o PSDB terá candidato ao governo do Estado de São Paulo. Não há a menor hipótese do partido que ocupa o governo há tantos anos abrir mão dessa condição para quem quer que seja, inclusive para pessoas qualificadas como o vice-governador Márcio França”, disse Doria.