Motociclista morto na enxurrada: será que agora a prefeitura de Iris passa a levar as chuvas a sério?

O motociclista Rodrigo Teixeira Alves morreu ontem após ser levado por uma enxurrada quando tentava passar pela Avenida 3ª Radial, no Setor Pedro Ludovico.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou inclusive mergulhadores para ajudar nas buscas. Por volta das 23 horas, o corpo foi encontrado preso a galhos nas margens do córrego Botafogo, a cerca de 300 metros de onde o homem havia sido visto pela última vez.

A forte chuva da última segunda-feira (29) deixou diversos pontos da capital alagados, sem energia e também causou problemas no trânsito.

A prefeitura de Iris não pode ser culpada diretamente pela morte de Rodrigo, mas a gestão municipal tem responsabilidade no caos que Goiânia está se tornando quando cai uma chuva um pouco mais forte.

Como já foi dito inúmeras vezes aqui no 24Horas não há ações preventivas por parte da prefeitura nem planejamento. Não limpeza regular das bocas de lobo, por exemplo.