Irritado com o pai, Daniel ameaça deixar a política

Irritado com o pai e ex-governador Maguito Vilela (MDB), o deputado federal e pré-candidato a governador Daniel Vilela (MDB) disse nesta terça-feira à rádio Sagres 730 que deixa a política se o MDB abrir negociação com PSDB.

“Eu já disse, inclusive, que se amanhã, com a decisão da grande maioria do PMDB de aliar com o PSDB eu deixo até a política, eu nem me candidato, porque eu não vou ser incoerente com o que eu estou pregando”, diz Daniel.

O diálogo foi proposto por Maguito depois de uma solenidade na Câmara Municipal de Goiânia que homenageou o ex-ministro Henrique Meirelles. Na ocasião, o ex-governador disse: “As conversas (entre MDB e PSDB) têm de acontecer. Não vejo motivo algum para não acontecer. Toda aliança é saudável. O candidato do PSDB é um bom político, vem trabalhando para isso. Eu não vejo mal nenhum na conversa. Tem de conversar. Não vejo motivo para discriminar um ou outro. Isso já aconteceu no passado e pode acontecer agora e no futuro”.

Há dois dias, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), também se manifestou favorável à aproximação.