Daniel não crê em prejuízo na eleição por ser do partido de Temer

“A reprovação a Temer se dá a aspectos políticos. Mas eu sempre ressalto a política bem conduzida na área econômica. Do ponto de vista eleitoral, as análises se darão do ponto de vista local. Ninguém vai escolher candidato por ser de um partido ou de outro. Sempre foi assim e será assim agora”, disse Daniel.

Compartilhe