Na CBN, Kátia Maria enrola. Únicas propostas são acabar com OS na Saúde e criar Mais Médicos Goiás

A entrevista da candidata do PT ao governo de Goiás, Kátia Maria dos Santos, à rádio CBN Goiânia nesta sexta-feira foi mais do mesmo. A petista apresentou discurso com o mesmo tom generalista dos seus adversários. O blog ouviu tudo e pinçou apenas duas propostas concretas.

A primeira é de acabar com o modelo de gestão de hospitais públicos por meio de Organizações Sociais (OS), adotado pelo ex-governador Marconi Perillo (PSDB) e que deu muito certo em Goiás. Tão certo que Ronaldo Caiado (DEM) e Daniel Vilela (MDB) prometem mantê-lo. Kátia destoa porque, na opinião dela, Saúde, Educação e Segurança não podem ter gestão compartilhada. Precisam de controle absoluto do Estado. 

Outra proposta – que ainda carece de esclarecimentos a respeito de como seria operacionalizada – é a de criar o Mais Médicos Goiás, uma adaptação do programa que trouxe profissionais cubanos para trabalhar no Brasil durante os governos Lula e Dilma. Kátia não explicou ainda de onde trará estes médicos e nem de que forma vai avaliá-los antes de contratá-los.