Dra. Cristina diz que vereador tentou esmurrar professora, mas não dá nome

A vereadora Dra. Cristina (PSDB) afirmou nesta quinta-feira, no plenário da Câmara Municipal, que um dos seus colegas vereadores tentou “esmurrar” uma professora da rede pública de Goiânia por causa de desentendimentos relativos ao projeto da reforma da Previdência. Este vereador seria da base do prefeito Iris Rezende (MDB).

“Bater em professora não resolve o problema não. Quem não tem argumento parte para violência física. Usa a força bruta quem é frágil de caráter. Homens perdem a razão e vão para violência física. Na minha frente, não. E foi sorte dessa pessoa que eu não estava presente, porque daria voz de prisão”, disse Dra. Cristina.

A vereadora afirmou que tem vídeo provando a agressão.