Fake News: Marconi não teve prisão decretada. Ele cumpre agenda de campanha normalmente

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, esclarece através de nota oficial que é mentirosa a informação de que o ex-governador Marconi Perillo teve mandado de prisão decretado.

A defesa de Marconi afirma que a operação deflagrada hoje em Goiás é uma ação comprovadamente eleitoreira e sem nenhuma prova contra o ex-governador de Goiás.

“É, sem dúvida, uma clara interferência, indevida e perigosa, contra a estabilidade democrática. Os fatos citados pelo delator, sem provas, se referem a questões antigas. A falta de contemporaneidade, já decidiu várias vezes o Supremo Tribunal,é impeditivo de prisões e qualquer outra medida constritiva contra qualquer cidadão”, diz o advogado.