Apoio de Roberto Naves faz votação de Carlos Antônio cair pela metade em Anápolis

A derrota do deputado estadual Carlos Antônio (PTB), que tentou a reeleição, merece ser creditada ao prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB), que era o seu principal cabo eleitoral.

A fragilidade política de Naves e sua gestão mal avaliada fizeram com que Carlos Antônio tivesse apenas 8,6 mil votos no município, que é a sua principal base eleitoral. Em 2014, ele amealhou o dobro: 16,4 mil. 

Outro reflexo do amadorismo do prefeito foi a votação pífia dos três candidatos a deputado federal que ele apoiou: Jovair Arantes, Demóstenes Torres e Adriano do Baldy. Destes, só Adriano foi eleito. Mesmo assim, com pífios 4,4 mil votos. 

O presságio é de muita dificuldade para Naves se reeleger prefeito daqui a dois anos.