Marconista até o início do ano, Álvaro tem apoio de Caiado para presidir a Assembleia

A política dá voltas que a própria política duvida. Álvaro Guimarães era marconista de quatro costados ate o início do ano. Não é preciso se esforçar para encontrar dezenas de discursos do parlamentar se derramando em elogios ao então governador Marconi Perillo. Álvaro não ficou na base marconista apenas por causa de briguinhas paroquias com o grupo do prefeito Zé Antônio.

Com medo de não ser reeleito, procurou abrigo no grupo caiadista e se deu bem. Agora, um ex-marconista é cotado para presidir a Assembleia. E com o apoio do governador eleito Ronaldo Caiado, que é inimigo visceral de Marconi.