Presidência da Câmara: crise administrativa de Iris dificulta reeleição de Andrey

A crise administrativa sem fim vivida pela gestão do prefeito Iris Rezende (PMDB), agravada pela buraqueira no asfalto sonrisal, já está dificultando o projeto do vereador Andrey Azeredo (MDB) para ser reeleito na presidência da Câmara de Goiânia. O atual presidente é visto como defensor intransigente demais de Iris e dos erros do líder emedebista.

Os próprios vereadores vêm reclamando, agora publicamente, de posições irredutíveis de Andrey na condução dos trabalhos, especialmente no que se refere ao relacionamento com a oposição. Isso vem acirrando os ânimos e fortalecendo o bloco, que começa a receber apoio mais explícito da ala que se define como independente.

Andrey é visto como preparado politicamente e bom gestor, mas, segundo os colegas, peca ao demonstrar excessivo respaldo à agenda irista. Os presidentes anteriores, mesmo Clécio Alves, sempre mantiveram postura de relativo distanciamento dos prefeitos – Iris, Paulo Garcia e Pedro Wilson. E isso sempre manteve a Câmara de Goiânia forte politicamente.