Caiado escolhe Ludhmila Hajjar para ser a Fátima Mrué do seu governo

A cardiologista Ludhmila Hajjar está praticamente confirmada para assumir a Secretaria de Saúde na gestão do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM). Ludhmila é médica do Hospital Sírio-Libanês, nascida em Anápolis e filha do empresário Samir Hajjar.

Participou da elaboração do plano de governo do então candidato do DEM.

Caiado seguirá a mesma receita adotada por Iris Rezende (MDB) na prefeitura. Iris buscou uma profissional reconhecida na medicina, mas sem expertise nenhuma na vida pública. Foi um desastre.