Quarenta anos depois de Ary Valadão, Goiás volta a ter um governo de direita com Caiado

Ary Valadão foi o último governador de Goiás no período da ditadura. Um governo de direita, não por acaso dominado pelo udeno-caiadismo. Ary foi um democrata, mas a gestão reprimiu de forma dura os movimentos sociais, que estavam se reorganizando naquele momento histórico de abertura.

Ele foi sucedido por Iris Rezende, que liderou uma coalização ampla, que abarcava de Irapuan Costa Junior (direita) a Aldo Arantes (esquerda). Uma frente ampla contra o regime de exceção.

Depois de Iris, veio Marconi Perillo, com viés de social-democracia.

Agora, 40 anos depois de Valadão, Goiás volta a ter um governo do campo político claramente de direita.

Iris e Marconi conseguiram fazer boas administrações.

Caiado conseguirá?